Pesquisar neste blog

terça-feira, 10 de abril de 2012

Giane


Giane,nome artístico de Georgina Morozini dos Santos,é uma cantora brasileira.
Com mais de quarenta anos de carreira, foi considerada à época um dos rostos mais bonitos da MPB.

O seu grande sucesso foi uma versão de Dominique, gravada em 1965. Emplacou muitas outras músicas nas paradas das décadas de 1960 e 1970 e participou de todos os programas de televisão da época, inclusive a Jovem Guarda.

No currículo, tem vinte LPs e dezenas de compactos gravados.
Entre os muitos prêmios, ganhou o Chico Viola e o Roquete Pinto.
Atualmente reside em São Paulo e trabalha como revendedora de uma famosa marca de cosméticos.
Seu maior êxito, como cantora profissional, foi ter ganho o "Festival de San Remo", realizado na Itália em 1972, interpretando a música "Estrada do sol", samba-canção de Tom Jobim e Dolores Duran.


Dominique - Giane

Para assistir no youtube, clique aqui

Dominique
Giane

Dominique, nique, nique,
Sempre alegre esperando alguém que possa amar.
O seu príncipe encantado,seu eterno namorado
Que não cansa de esperar.
Dominique tem um sonho e alguém pode realizar.
Há de vir um cavaleiro que a conduza para o altar.
Dominique, nique, nique,
Sempre alegre esperando alguém que possa amar.
O seu príncipe encantado,seu eterno namorado
Que não cansa de esperar.
Certo dia de passagem na avenida alguém notou
O doce olhar de Dominique e ela então se enamorou.
Dominique, nique, nique,
Sempre alegre esperando alguém que possa amar.
O seu príncipe encantado,seu eterno namorado
Que não cansa de esperar.
O rapaz com um sorriso logo pediu sua mão
E a visão do paraíso fez pulsar seu coração.
Dominique, nique, nique,
Sempre alegre esperando alguém que possa amar.
O seu príncipe encantado,seu eterno namorado
Que não cansa de esperar.
Apesar da pouca idade, Dominique percebeu
Que a maior felicidade foi o amor que Deus lhe deu.
Dominique, nique, nique,
Sempre alegre esperando alguém que possa amar.
O seu príncipe encantado,seu eterno namorado
Que não cansa de esperar.
Mas o tempo foi passando e a verdade apareceu
Pois quem vive só sonhando dessa vida se esqueceu.
Dominique, nique, nique,
Sempre alegre esperando alguém que possa amar.
O seu príncipe encantado,seu eterno namorado
Que não cansa de esperar.
Uma lágrima caída a rolar dos olhos seus
Numa tarde de Domingo o rapaz lhe disse adeus.
Dominique, nique, nique,
Sempre triste a chorar o amor que se acabou.
O seu príncipe encantado, seu eterno namorado
Que se foi e não voltou.


Giane - Preste Atenção!

Para assistir no youtube, clique aqui

Preste atenção
Giane

Sim, eu sei!
Sim, quantas vezes falei e você não me ouvia...
Sim, eu sei que no seu coração
Existe alguém em meu lugar...

Preste atenção!
Você pensa que ama
Acredita que ama
E seu coração também, também
O coração quase sempre se engana
E quando ele se engana
Ele faz você sofrer, sofrer.
Sim, eu sei
Pois eu vi que seu olhar
Não queria demonstrar
Um amor que termina
Sim, eu sei
Sei e não posso explicar
Mas quero duvidar
Preste atenção
Pois é tudo mentira
Tudo, tudo mentira
Você não será feliz, feliz
Preste atenção
Pois se você me deixa
Não ouvirei a queixa
Do meu coração
que diz, que diz
Preste atenção
Fique sempre comigo
Pois meu pior castigo
Será viver sem você
Você, você, você.


Jovem guarda - Giane - Angelita

Para assistir no youtube, clique aqui

"Angelita"

"Angelita o seu nome há de ser Angelita
Angelita, Angelita eu não posso esquecer
Angelita
Angelita
Era o começo de um dia
Uma criança chorava no silêncio da praia
Tinha no olhar a ternura e a fantasia das fábulas
E quatro conchinhas de areia do mar
que segurava em sua mãozinha
Angelita o seu nome há de ser Angelita
Angelita, Angelita eu não posso esquecer
Angelita
Angelita
Que tarde linda, tão linda
Uma criança brincava e a vida sorria
Tinha os cabelos de anjo e a inocência das fábulas
E as quatro conchinhas de areia do mar
que guardava em sua mãozinha
Angelita o seu nome há de ser Angelita
Angelita, Angelita eu não posso esquecer
Angelita
Angelita
Que noite escura, tão triste
Uma criança calava e uma vida fugia
Daquele olhar de ternura só nos restaram as
lágrimas
E as quatro conchinhas de areia do mar
que deixaram em sua mãozinha
Angelita o seu nome há de ser Angelita
Angelita, Angelita eu não posso esquecer
Angelita
Angelita
Angelita o seu nome há de ser Angelita..."

Nenhum comentário:

Postar um comentário