Pesquisar neste blog

segunda-feira, 7 de maio de 2012

Leno e Lilian


Origem: Rio de Janeiro, RJ
Gêneros: Rock , Pop
Período em atividade: 1965-1967 , 1972-1974
Afiliações: Raul Seixas, Renato e Seus Blue Caps
Integrantes: Leno e Lílian Knapp

Leno e Lílian era uma dupla de cantores que começou a se apresentar nos anos 60 no programa Jovem Guarda. Era formada por Gileno Osório Wanderley de Azevedo (Natal, 25 de Abril de 1949) e Sílvia Lília Barrie Knapp (Rio de Janeiro, 30 de Março de 1948).

Em 1966, a dupla lançou o primeiro disco, com as canções "Pobre Menina" e "Devolva-me". O primeiro LP, gravado logo em seguida, incluía essas duas primeiras músicas e ainda "Eu Não Sabia Que Você Existia", outro sucesso.

Já em 1968, com uma separação da dupla, Leno seguiu carreira solo e gravou alguns discos com relativo êxito. Em 1972 eles voltam a se apresentar juntos. Nesse período, lançam canções produzidas e compostas por Raulzito (Raul Seixas), Renato Barros e outros autores, além de composições próprias.

Ao longo das décadas de 1970 e 1980, Lílian e Leno desenvolveram carreiras solo, com alguns breves reencontros. Em 1980, Lílian obteve grande sucesso com a canção "Sou Rebelde". Nesta época, Lílian posa nua para uma edição especial da revista Homem, da Idéia Editorial.

Nos anos 90, Leno e Lílian participaram de shows comemorativos aos 30 anos de Jovem Guarda e se apresentaram juntos ou separadamente. Alguns discos da dupla e individuais de Leno foram relançados em CD.

Em 2001, Lílian volta em dose dupla: com o CD Lilian Knapp, seu primeiro álbum desde 1992, e o livro Como um Conto de Fadas (Editora Qualigraph), pequeno volume que é uma espécie de "autobiografia informal" da cantora.

Atualmente, Lilian (sob o nome Lil Knapp) faz parte da dupla de rock Kynna com o baterista Kdu Nolla. A dupla chegou a gravar alguns clássicos do rock nacional, com arranjos e cordas do guitarrista Luis Carlini.

Leno segue fazendo shows em todo o Brasil, que tão cedo começou a conhecer. Acabou de gravar seu novo DVD, com sucessos e músicas inéditas, além de estar em fase de divulgação do seu novo CD, "Canções com Raulzito", em parceria com o também lendário Raul Seixas.


Leno e Lilian - Pobre menina - Jovem Guarda

Para assistir no youtube, clique aqui

Pobre Menina
Leno e Lilian

pobre menina não tem ninguém
pobre menina não tem ninguém
tão pobrezinha ela mora em um barracão
e todo mundo quer magoar seu coração
a mim não interessa quem sejam seus pais
porque pobre menina eu te quero demais
vive mal vestida em seu bairro a vagar
em toda sua vida só tem feito chorar
como num conto de fadas nós vamos casar
e então toda tristeza vai acabar
vai acabar


Devolva-me - Leno e Lilian (Compacto Simples 1966)

Para assistir no youtube, clique aqui

Devolva-me
Leno e Lilian

Rasgue as minhas cartas e
Não me procures mais
Assim será melhor meu bem
O retrato que eu te dei
Se ainda tens não sei
Mas se tiver devolva-me
Deixe-me sòzinho porque assim
Eu viverei em paz
Quero que sejas bem feliz
Junto do teu novo rapaz

Devolva-me
Devol...va-...me
Rasgue as minhas cartas e eu
Não me procurem mais
Assim será melhor meu bem
O retrato que eu te dei
Se que ainda tens não sei
Mas se tiver devolva-me

Deixa-me sozinho
Porque assim eu viverei em paz
Quero que sejas bem feliz
Junto do seu novo rapaz
O retrato que eu te dei
Se que ainda tens não sei
Mas se tiver devolva-me

O retrato que eu te dei
Se que ainda tens não sei
Mas se tiver devolva-me
Deixa-me sozinho
Porque assim eu viverei em paz
Quero que sejas bem feliz
Junto do seu novo rapaz
O retrato que eu te dei
Se que ainda tens não sei
Mas se tiver devolva-me


Leno e Lilian - A Pobreza

Para assistir no youtube, clique aqui

A Pobreza
Leno e Lilian

Todo mundo tem um amor na vida
E por êle tudo é capaz
Eu tenho uma paixão que é proibida
Só porque sou pobre demais
A garota que eu adoro por quem tanto choro
Não pode me ver
Nunca soube o que é tristeza vive na riqueza
Sem poder viver
Nosso amor é tão bonito mais seus pais não querem
Nossa união
Pensam que a pobreza é lixo e que rapaz pobre
Não tem coração


Leno e Lilian - Coisinha Estúpida

Para assistir no youtube, clique aqui

Coisinha Estúpida
Leno e Lilian

Existe um amor dentro de mim
Que eu não posso nem mais controlar
Se olho pra você e vejo o seu jeitinho
De sorrir e de falar
É algo tão estranho que eu mesmo
Não consigo mais compreender
Uma coisinha estúpida
Que eu gosto de sentir
Que é amar você
Espero amorzinho
Que o meu carinho por você
Não seja em vão
Entrego de presente
Minha vida meu destino e meu coração
Existe um amor dentro de mim
Que eu não posso nem mais controlar
Se olho pra você e vejo o seu jeitinho
De sorrir e de falar
É algo tão estranho que eu mesmo
Não consigo mais compreender
Uma coisinha estúpida
Que eu gosto de sentir
Que é amar você
É algo tão estranho que eu mesmo
Não consigo mais compreender
Uma coisinha estúpida
Que eu gosto de sentir
Que é amar você
Amar você
Amar você
Amar você



Leno e Lilian - Eu Não Sabia que Você existia

Para assistir no youtube, clique aqui

Eu Não Sabia Que Você Existia
Leno e Lilian

Quando eu te conheci
Meu bem
Não acreditei
Você era a garota
Que eu sonhei
Seus olhos lindos
Sempre
Olhando nos meus
Olhei pro céu e
Até meu bem
Dei graças a deus
Por ter enfim encontrado
O amor
Que eu sempre esperei
Com todo ardor
Jamais imaginei meu bem
Te ver algum dia
Eu não sabia
Que você existia
Quando eu te conheci
Meu bem
Não acreditei
Você era a garota
Que eu sonhei
Seus olhos lindos
Sempre
Olhando nos meus
Olhei pro céu e
Até meu bem
Dei graças a deus
Por ter enfim encontrado
O amor
Que eu sempre esperei
Com todo ardor
Jamais imaginei meu bem
Te ver algum dia
Eu não sabia
Que você existia
Eu não sabia
Que você existia
Eu não sabia
Que você existia


Lilian - Sou Rebelde - 1978

Para assistir no youtube, clique aqui

Sou Rebelde
Leno e Lilian

Eu sou rebelde
Porque o mundo quis assim
Porque nunca me trataram com amor
E as pessoas se fecharam para mim
Eu sou rebelde
Porque sempre sem razão
Me negaram tudo aquilo que sonhei
E me deram tão somente incompreensão
Eu queria ser como uma criança
Cheia de esperança e feliz
E queria dar tudo que há em mim
Tudo em troca de uma amizade
E sonhar, e viver
Esquecer o rancor
E cantar, e sorrir
E sentir só o amor

Nenhum comentário:

Postar um comentário