Pesquisar neste blog

sexta-feira, 11 de maio de 2012

Paulo Sérgio


Nome completo: Paulo Sérgio de Macedo
Nascimento: 10 de março de 1944
Origem: Alegre, ES - Brasil
Data de morte: 29 de julho de 1980 (36 anos)
Gêneros: Romântico popular
Período em atividade: 1967-1980

Paulo Sérgio de Macedo, mais conhecido como Paulo Sérgio, foi um cantor e compositor brasileiro.
Não fosse sua morte prematura, aos trinta e seis anos, em decorrência de um derrame cerebral, Paulo Sérgio certamente seria lembrado como um dos maiores nomes da música romântica nacional. O cantor e compositor capixaba iniciou sua carreira em 1968, no Rio de Janeiro, lançando um compacto com o sucesso Última Canção. O disco obteve sucesso imediato e vendeu 60 mil cópias em apenas três semanas, transformando seu intérprete num fenômeno de vendas. A despeito da curta carreira, Paulo Sérgio lançou treze discos e algumas coletâneas, obtendo uma vendagem superior a oito milhões de cópias.



Índia - Paulo Sérgio

Para assistir no youtube, clique aqui

Índia
Paulo Sérgio

Índia teus cabelos nos ombros caídos
Negros como a noite que não tem lua
Teus lábios de rosa para mim sorrindo
E a doce meiguice deste teu olhar
Índia da pele morena da boca pequena eu quero beijar, beijar
Índia sangue tupi
Tens o cheiro da flor
Vem que eu quero lhe dar
Todo meu grande amor
Quando eu for embora para bem distante
E chegar a hora de dizer adeus
Fica nos meus braços só mais um instante
Deixa meus lábios se unir aos teus
Índia levarei saudade da felicidade que você me deu
Índia a tua imagem, sempre comigo vai
Dentro do meu coração
Flor do meu paraguai
Índia levarei saudade da felicidade que você me deu
Índia a tua imagem sempre comigo vai
Dentro do meu coração
Flor do meu paraguai.



A Última Canção - Paulo Sérgio

Para assistir no youtube, clique aqui

A Última Canção
Paulo Sérgio

Esta é a última canção que eu faço pra você
já cansei de viver iludido só pensando em você
se amanhã você me encontrar
de braços dados com outro alguém
faça de conta
que pra você não sou ninguém
mas você deve sempre lembrar
que já me fez chorar
e que a chance que você perdeu
nunca mais vou lhe dar
e as canções tão lindas de amor
que eu fiz ao luar para você
confesso
iguais àquelas não mais ouvirá
e amanhã sei que esta canção
você ouvirá no rádio a tocar
lembrará que seu orgulho maldito
já me fez chorar
por
muito lhe amar
peço não chore
mas sinta por dentro a dor do amor
e então você verá o valor que tem o amor
e muito vai chorar ao lembrar o que passou.
esta é a última canção que eu faço pra
você...



Não Creio em mais Nada - Paulo Sergio

Para assistir no youtube, clique aqui

Não Creio Em Mais Nada
Paulo Sérgio

Não sei o que faço, a minha vida é uma luta sem fim,
Me sinto no espaço, o tempo todo a procura de mim,
Há dias na vida, que a gente pensa que não vai conseguir,
Que é bem melhor deixar de tudo e fugir
Que outro mundo tudo vai resolver.
Não sei o que faço, se volto agora ou continuo a seguir,
Eu sinto cansaço e já não sei se vale a pena insistir,
Há dias na vida que a gente pensa que não vai conseguir,
Que é bem melhor deixar de tudo e fugir,
Que outro mundo tudo vai resolver.
Não creio em mais nada, já me perdi na estrada,
Já não procuro carinho, me acostumei na caminhada sozinho,
A vida toda só pisei em espinho, ja descobri que o meu destino é sofrer.
Há dias na vida que a gente pensa que não vai conseguir,
Que é bem melhor deixar de tudo e fugir,
Que outro mundo tudo vai resolver.
Não creio em mais nada, já me perdi na estrada,
Já não procuro carinho, me acostumei na caminhada sozinho,
A vida toda só pisei em espinho, ja descobri que o meu destino é sofrer.
Não creio em mais nada, me acostumei na caminhada sozinho,
A vida toda só pisei em espinho, ja descobri que o meu destino é sofrer.



Paulo Sérgio - "Amor Tem Que Ser Amor"

Para assistir no youtube, clique aqui

Amor tem que ser amor
Paulo Sérgio

Nem que eu morra
De desejo por você
Nem que mais tarde
Venha me arrepender
Não vou voltar
Nada nem sei para rever
Tudo que me resta agora
É tentar lhe esquecer
Nem que eu morra
De desejos por você
Nem que mais tarde
Venha me arrepender
Não vou voltar
Nada nem sei para rever
Tudo que me resta agora
É tentar lhe entender
Amor tem que ser amor
E não promessas
Chega de você e de conversas
Eu que já amei e sei amar
Não é você que vai conseguir me enganar



Paulo Sérgio - "Quero Ver Você Feliz" / "Meu Filho, Deus Lhe Proteja"

Para assistir no youtube, clique aqui
Gravação de 1987 com a Voz original de Paulo Sérgio pós morte (1980) com seu filho

Quero ver você feliz
Paulo Sérgio

Eu recordo com felicidade
Dia, mês e hora em que você nasceu
Você trouxe tanta alegria
Fruto do amor de sua mãe e eu

Meu filho Deus que lhe proteja
E onde quer que esteja eu rezo por você
Eu adoro ver você sorrindo
Seu sorriso faz de tudo eu esquecer

Com o peito cheio de saudade
eu lembro os bons momentos que você me deu
Não consigo esquecer o dia
Que você me deixou e foi morar com Deus
Mas eu sinto a sua presença
Em tudo que eu faço onde quer que eu vá
Na escola em casa ou na rua
Qualquer coisa que eu olho o seu rosto está
Hoje estou mais crescido
Tanto tempo já passou
Sempre vou levar comigo tudo o que você me ensinou

Meu filho Deus que lhe proteja
E onde quer que esteja eu rezo por você
Eu adoro ver você sorrindo
Seu sorriso faz de tudo eu esquecer

Papai ...
Eu sinto a sua presença
Em tudo que eu faço onde quer que eu vá
Na escola em casa ou na rua
Qualquer coisa que eu olho o seu rosto está

Hoje estou mais crescido
Tanto tempo já passou
Sempre vou levar comigo tudo o que você me ensinou

Meu filho Deus que lhe proteja
E onde quer que esteja eu rezo por você
Eu adoro ver você sorrindo
Seu sorriso faz de tudo eu esquecer

Pois eu sinto sua presença
Em tudo que eu faço onde quer que eu vá
Na escola em casa ou na rua
Qualquer coisa que eu olho o seu rosto está

Nenhum comentário:

Postar um comentário